Aqueles que costumam mentir com uma certa frequência são muito mais eficientes ao identificar uma mentira. Isso é o que afirma uma pesquisa conduzida pela University College, de Londres, na Inglaterra.

O estudo contou com 51 voluntários e mediu suas capacidades de contar e perceber mentiras. “Uma relação relevante foi encontrada entre as habilidades relacionadas à decepção; aqueles que conseguem detectar uma mentira também conseguem criar histórias que as outras pessoas têm dificuldade em afirmar se é verdade ou mentira”, explicaram os pesquisadores.

Pessoas que mentem detectam mentiras com mais facilidade

A inteligência emocional e o QI dos participantes não apresentavam grandes diferenças. Por isso, o estudo sugere que a capacidade de lidar com a mentira esteja relacionada a uma habilidade intelectual diferenciada.

O estudo ajuda a entender, por exemplo, como grandes fraudadores acabam se tornando armas da polícia no combate ao crime. Um exemplo é o ex-falsificador de cheques Frank Abagnale Jr., cujas trapaças foram revividas no cinema por Leonardo DiCaprio no filme “Prenda-me se for Capaz”, e que hoje ajuda o FBI a detectar fraudes bancárias.

Fonte: DailyMail