Atualmente, os xingamentos no trânsito são bem mais graves, mas houve uma época em que a maior ofensa era gritar “barbeiro!” pela janela do automóvel ao presenciar alguma estupidez cometida na direção. Ainda hoje, o uso da palavra persiste e é sinônimo de maus motoristas. Mas afinal, você sabe qual é a relação entre alguém que dirige mal e a profissão que dá um trato no cabelo ou barba dos clientes?

Por que motoristas ruins são chamados de barbeiros

Até o fim do século 19, os barbeiros também realizavam pequenos procedimentos médicos e odontológicos, visto que faltava mão de obra especializada no Brasil e na Europa. Por causa das condições de trabalho pouco adequadas e da falta de conhecimento, tarefas como arrancar um dente acabavam sendo mal feitas e geravam resultados que causavam indignação na população.

Em Portugal, “barbeiro” acabou se tornando sinônimo de serviço mal feito por alguém que não era especialista naquilo. No Brasil, a expressão foi adotada para definir apenas aqueles que cometiam “barbeiragens” no trânsito.

Fonte: Escola Kids