A páscoa está chegando e, com ela, muitos sabores e calorias de um dos doces mais consumidos no mundo: o chocolate. E como tudo que faz parte do nosso cotidiano, muitas vezes acabamos consumindo essa guloseima sem pensar muito nas características daquele alimento ou, então, nas histórias que o circundam.

Sendo assim, preparamos uma pequena lista de curiosidades sobre o chocolate que poderá tornar mais cultural a Páscoa de muitos. Vamos a elas!

1. M&M’s e a Guerra Civil Espanhola

Os deliciosos M&M’s foram criados por Forrest Mars, em 1941, depois dele ver soldados espanhóis comerem chocolates cobertos de açúcar, durante a Guerra Civil Espanhola. O propósito da cobertura era evitar que o chocolate derretesse nos dedos dos combatentes e, após lançados, pacotes de M&M’s eram distribuídos como snacks aos soldados do Exército Americano, durante a Segunda Guerra Mundial.

M&M's e a guerra

(Fonte da imagem: Wikipedia)

2. Chocolate contra as cáries?

De acordo com a BBC, o chocolate é tão eficiente contra as cáries que muitos pesquisadores acreditam que, em breve, componentes encontrados no alimento serão adicionados a enxaguantes bucais e pastas de dentes. Tudo isso porque cientistas da Universidade de Osaka, no Japão, descobriram que certas partes das sementes do cacau possuem um efeito bactericida na boca humana e podem usadas contra placas e outras complicações odontológicas.

http://www.hojeaprendi.com.br/wp-content/uploads/2014/04/06-10-06smile.jpg

(Fonte da imagem: Wikipedia)

Obviamente, cabe lembrar que chocolates, em especial os produzidos no Brasil, possuem muito açúcar em sua composição e, portanto, não adianta trocar higiene e visitas regulares aos dentistas por uma caixa de bombom. Mesmo assim, os pesquisadores acreditam que o chocolate pode ser menos prejudicial do que outras doçuras.

3. Trabalho infantil em fazendas de cacau

Talvez a gente estrague o espírito pascoal neste item, mas é importante abordar o assunto. De acordo com a CNN, boa parte do chocolate do mundo é feito com trabalho infantil. A Organização Internacional do Trabalho estima que apenas na África existem de 56 a 72 milhões de crianças trabalhando na agricultura, sendo que Gana e a Costa do Marfim são responsáveis, sozinhos, por 60% da produção global de cacau.

Crianças trabalham em fazendas de cacau da África

(Fonte da imagem: Listverse)

4. Fundador da Hershey’s quase embarcou no Titanic

Foi por pouco que o fundador da Hershey’s, Milton Snavely Hershey, não morreu durante o naufrágio do Titanic. O empresário teve que cancelar a viagem da família a bordo do luxuoso cruzeiro por razões de negócios. Ainda hoje o museu da Hershey’s exibe uma cópia do cheque que Milton fez para a White Star Line como depósito para um quarto de primeira classe no navio.

Cheque de fundador da Hersheys pagando viagem no Titanic

Cheque do fundador da Hershey’s pagando pela viagem no Titanic (Fonte da imagem: Trip Advisor)

5. Receita de cookies rendeu chocolate grátis pela vida toda

A criadora do cookie com gotas de chocolate, Ruth Wakefield, é uma das inventoras mais famosas do mundo. Além de ter dado aos Estados Unidos um dos biscoitos mais consumidos no país até hoje, ela conseguiu algo incrível: vendeu o direito de publicação da receita em embalagens de chocolates da Nestlé. Em troca, Wakefield recebeu fornecimento vitalício de chocolate, oferecido pela multinacional suíça.

Inventora dos cookies ganhou fornecimento vitalício de chocolates da Nestlé

(Fonte da imagem: Wikipedia)

6. Cacau usado como dinheiro por astecas e maias

A história do chocolate começa, basicamente, com os maias. As sementes de cacau eram tão valiosas para esse povo que acabaram sendo usadas como moeda, sendo que dez delas eram dinheiro suficiente para se comprar um coelho, por exemplo. Os astecas continuaram essa tradição por muito tempo. Na época, o chocolate era consumido por esses povos em forma de uma bebida fria e, normalmente, pelas pessoas mais ricas.

Sementes de cacau eram usadas como dinheiro

(Fonte da imagem: Sol Awakening

7. Chocolate branco não vale!

Chocolate branco não é considerado chocolate, tecnicamente falando, pois não é produzido com sólidos do cacau, mas sim com a manteiga extraída da fruta. Em vez da pasta produzida a partir das frutas, o chocolate branco faz uso apenas da gordura separada dela, quando o cacau é prensado para fazer o doce.

Chocolate branco não é classificado como chocolate

(Fonte da imagem: Chocolati)

8. A maior barra de chocolate do mundo pesa 6 toneladas

Em setembro de 2011, cerca de 50 britânicos construíram a maior barra de chocolate do mundo, que pesava 6 toneladas e media 4 metros de comprimento e largura. Para ser produzido, os confeiteiros se inspiraram no filme “A Fantástica Fábrica de Chocolate” e usaram mais de dez horas para preencher com chocolate derretido a forma que moldaria a barra.

Depois de registrado o recorde, a barra de  toneladas foi quebrada em pedaços menores e vendidos, com a renda toda revertida para caridade.

Fontes: CNN, MIT, iG, ElChocolata, BBC, Women Inventors, BBC 2, Pennlive