Desde ontem (17), turistas e moradores de Bruxelas, na Bélgica, podem visitar uma nova atração na praça do Grande Palácio: um tapete construído com 750 mil flores em homenagem aos 50 anos da imigração dos trabalhadores turcos para país europeu.

Tapete de begônias na Bélgica

(Fonte da imagem: Thill/Flower Carpet)

Com 25 metros de largura e 76 metros de comprimento, o tapete de flores foi montado no último dia 14 por uma equipe de 100 pessoas e celebra o acordo instituído entre a Bélgica e a Turquia, em 1964. Na ocasião, as duas nações definiam com o tratado que cidadãos turcos poderiam se mudar para a Bélgica como “trabalhadores convidados”. Atualmente, mais de 230 mil turcos vivem no país, sendo que 25% deles estão na capital, Bruxelas.

Tapete de begônias na Bélgica

(Fonte da imagem: Thill/Flower Carpet)

O monumento também possui símbolos que celebram essa união: se por um lado as cores das flores representam um padrão tradicional dos famosos tapetes kilim, feitos em lã sem veludo, ele também é composto por begônias, espécie criada e comercializada pela Bélgica desde 1860. A produção desse tipo de planta é tão representativa que, anualmente, o país cultiva cerca de 60 milhões de begônia, sendo que 80% acabam exportados.

Tapete de flores na Bélgica

(Fonte da imagem: Thill/Flower Carpet)

Fonte: Flower Carpet

Leave a Reply

Your email address will not be published.