Google Earth é um dos softwares mais famosos do Google. Porém, talvez você não saiba que a tecnologia por trás desse “globo terrestre 3D” não é originalmente do Google, mas de uma outra empresa do Vale do Silício financiada pela CIA, agência de espionagem norte-americana.

O predecessor do Google Earth se chamava EarthViewer e foi criado em 2001 pela empresa Keyhole Inc., batizada dessa forma em homenagem ao nome de uma classe de satélites espiões dos EUA.

Na ocasião, a Keyhole era uma das poucas companhias do mundo a trabalhar com aplicações da visualização de dados geoespaciais e, além do Earth Viewer, desenvolveu também o EarthStream, um sistema de navegação para automóveis.

ge2

A Keyhole recebia investimento de pelo menos três grandes fontes: NVIDIA, o investidor Brian McClendon, e a In-Q-Tel, braço de capital de risco da CIA. E como era de se esperar, os principais clientes da companhia eram ninguém menos do que Exército dos Estados Unidos e o Departamento de Defesa do país.

Em 2003, com a invasão norte-americana ao Iraque, o EarthViewer passou a ser usado como fonte de imagens para as redes de televisão ABC, NBN e CNN, que podiam mostrar aos telespectadores como aconteceriam as incursões durante a guerra.

Depois dessa exposição, a Keyhole ganhou bastante destaque e chamou a atenção do Google, sendo comprada pela gigante da internet em 2004. Dessa forma, o EarthViewer se transformou no Google Earth, cujo número de downloads ultrapassou a marca de um bilhão em 2011.

Fonte: RCSP

Leave a Reply

Your email address will not be published.